Estudo da Stanford Medicine confirmou que o Apple Watch pode ajudar a detectar fibrilação atrial

A Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford divulgou na quarta-feira (13/11/2019) os resultados mais recentes do Apple Heart Study, lançado em 2017. É a terceira vez que a equipe compartilha seus dados de pesquisa.

O estudo, realizado pela Universidade de Stanford e pela Apple, visa determinar se o Apple Watch pode detectar fibrilação atrial, o que pode indicar problemas cardíacos graves. Os pesquisadores queriam determinar como o Apple Watch funcionava e se era seguro de usar.

consulte Mais informação

IKEA projeta uma casa para a vida futura em Marte

Embora os humanos migram para Marte ainda estejam distantes, já existem fabricantes de móveis preocupados com o ambiente de vida. Recentemente, a Ikea na Estação de Pesquisa do Deserto de Marte (MDRS) em Utah redesenhou uma cápsula de vida simulada do ambiente de Marte para explorar como o design pode ser usado para melhorar as experiências de vida das pessoas

consulte Mais informação